logo e menu_preto.png

Memorial às Vítimas da Kiss

localização

Santa Maria/RS

ano

2018

área construida

800 m²

Como seriam? O que fariam? Que sonhos realizariam? Quantos netos seus pais teriam?

Tudo isso, no mesmo tempo verbal. O futuro do pretérito está sempre presente quando pensamos nestes jovens. Dessa forma, o memorial tem o compromisso de trazer alento e esperança na construção de um novo futuro para os que ficaram. Um espaço de consciência e reflexão, respeito e memória. Onde o futuro do pretérito possa ser reinterpretado e o luto seja transformado em luta por justiça.

O projeto para o memorial reconhece a cidade com sua implantação junto ao alinhamento, compatibilizando-se com as edificações lindeiras e resguardando a área da praça no interior do lote. O volume do auditório, semi-enterrado, forma uma plataforma na cota 2,5m, propiciando acesso em nível ao memorial/praça. O grande volume branco que se desenvolve sobre esta plataforma, abriga o memorial - espaço monumento - e a sala multiuso. Em sua fachada 242 vazios, remetem as perdas dos jovens, que em contraponto, enchem o espaço interior de luz, conformando um ambiente claro, leve e iluminado. No mesmo nível, junto à face oeste, se desenvolve um volume com áreas de apoios e circulação vertical, que levam ao volume de menor dimensão que abriga atividades administrativas e de escritório.

O acesso à praça se dá por um portal, conformado pelos volumes brancos, representando uma transição para um espaço onde a luz e a água reforçam o caráter de memória e reflexão. Ao fundo deste espaço aberto, uma parede d’água escorre sobre os 242 volumes subtraídos da fachada, cada um destes tem gravado o nome das vítimas, numa espécie de ato de purificação, através do ruído e movimento da água.


projeto de arquitetura

VRP Arquitetura

status

Projeto concluído